Os Mandamentos são um diálogo, explica Papa na catequese

By 20 de junho de 2018PAPA

Refletindo sobre os mandamentos, Papa explicou a diferença entre comando e palavra: os mandamentos são palavras de Deus

“Dez Palavras”
para viver a Aliança. Esse foi o tema que norteou a catequese do Papa Francisco nesta quarta-feira, 20, dando sequência ao ciclo de catequeses sobre os Mandamentos iniciado na semana passada.

Francisco ressaltou que os Mandamentos não vivem por si mesmos, mas são parte de uma relação; ele recordou a relação da Aliança entre Deus e seu povo. O Papa observou ainda que a tradição judaica chama o Decálogo de “dez palavras”, e são palavras que têm forma de lei, são, objetivamente, os mandamentos.

“Que diferença há entre um comando e uma palavra? O comando é uma comunicação que não requer o diálogo. A palavra, em vez disso, é o meio essencial da relação como diálogo (…) os mandamentos são palavras de Deus: Deus se comunica nestas dez Palavras e espera a nossa resposta”.

O Santo Padre explicou que os mandamentos são um diálogo. Ele observou que o homem está diante de um dilema: “Deus me impõe as coisas ou cuida de mim? Os seus mandamentos são só uma lei ou contém uma palavra, para cuidar de mim? Deus é patrão ou Pai? Somos súditos ou filhos?. E diante desses questionamentos, o Papa frisou: “Deus é Pai: nunca se esqueçam disso”.

Jesus Cristo é a Palavra do Pai, acrescentou Francisco, não a condenação do Pai. “Jesus veio para salvar, com a sua Palavra, não para nos condenar”. “O mundo não precisa de legalismo, mas de cuidado. Precisa de cristãos com o coração de filhos. Precisa de cristãos com o coração de filhos, não se esqueçam disso”, finalizou.

Leave a Reply